SECVGAF garante CCT 2019 com reajuste

 

O Sindicato dos Empregados no Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Fortaleza (SECVGAF) firmou, com o Sindicato patronal, a Convenção Coletiva de Trabalho 2019.

O ajuste, de 3,43%, terá impacto nos pisos salariais e demais benefícios conquistados anteriormente.

Mesmo diante do cenário de crise e com a reforma trabalhista, que flexibilizou as relações de trabalho, o SECVGAF conquistou o reajuste e garantiu direitos.

Sendo assim, os novos pisos salariais, passam a ser:

Para funcionários das EMPRESAS e/ou GRUPOS ECONÔMICOS com até 10 (dez) EMPREGADOS:
– Empacotadores em geral: R$ 1.011,19 (mil e onze reais e dezenove centavos);
– Os demais empregados: R$ 1.077,33 (mil e setenta e sete reais e trinta e três centavos).

Para funcionários das EMPRESAS e/ou GRUPOS ECONÔMICOS com mais de 10 (dez) EMPREGADOS:
– Empacotadores em geral: R$ 1.011,19 (mil e onze reais e dezenove centavos);
– Os demais empregados: R$ 1.119,55 (mil cento e dezenove reais e cinquenta e cinco centavos).

Como benefício, em comemoração ao Dia do Trabalhador em Supermercado, celebrado dia 11 de Novembro, o trabalhador receberá, a título de ajuda de custo, a importância de R$ 38,34 (trinta e oito reais e trinta e quatro centavos), que deverá ser pago até o final do mês de novembro.

O SECVGAF conquistou, ainda, reajustes importantes em outras cláusulas como, por exemplo, para ajuda de custo nos feriados que agora será de R$ 26,45 (vinte e seis reais e quarenta e cinco centavos), devendo ser paga até o final da folha de pagamento subsequente ao dia trabalhado em feriado. Salientamos, também, auxílio alimentação que, agora, será valor de R$ 9,21 (nove reais e vinte e um centavos), em forma de tickets ou similares por cada dia trabalhado a todos os empregados, nos casos em que a empresa não fornecer em refeitórios.

O auxílio creche passa a ser R$ 87,29 (oitenta e sete reais e vinte e nove centavos) para funcionários de empresas com até 300 (trezentos) empregados e R$ 186,00 (cento e oitenta e seis reais) para funcionários de empresas com mais de 300 (trezentos) empregados. O valor deverá ser pago pelo período de 06 (seis) meses da data de retorno ao trabalho da mãe.

Para Milton Melo, presidente do SECVGAF, ”o ganho que conquistamos reflete o empenho do Sindicato em atuar fortemente em benefício do trabalhador, não abrindo mão de avançar nas cláusulas, ano após ano. Esse é o nosso objetivo: cada vez mais para o trabalhador! Cada vez mais!”

2 ideia sobre “SECVGAF garante CCT 2019 com reajuste”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × cinco =