Comunicado importante – Negociação CCT 2018

 

A Reforma Trabalhista, em vigor desde novembro de 2017, trouxe imensos prejuízos para a classe trabalhadora brasileira. As cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho, por exemplo, não são mais obrigatórias. O SECVGAF, diante desse cenário, vem lutando para manter, cláusula a cláusula, do documento conquistado, diga-se de passagem, com muito esforço pela Diretoria da entidade e sua assessoria jurídica. Por isso, o patronal tem buscado ratificar a reforma trabalhista através desse importante instrumento.

 

Temos, a custa de muita dedicação, buscado mecanismos para minimizar o impacto da Reforma Trabalhista na vida do trabalhador. Todos os sindicatos, ao redor do país, têm sofrido nas negociações, que agora são facultativas. Muitos sindicatos, sequer, têm conseguido agendar reuniões.

 

O momento econômico, já por vezes citado em reuniões com o patronal, não permitirá avanços em cláusulas econômicas e o reajuste salarial, depois da Reforma, deverá ficar aquém do esperando.

 

Negociação

 

Ontem, 25 de janeiro, o Presidente do SECVGAF, Milton Melo, e o Advogado da entidade, Dr. Roberto Alencar, estiveram na Associação Cearense de Supermercado (ACESU) para mais uma rodada de negociações acerca da Convenção Coletiva de Trabalho 2018. Reafirmamos o nosso compromisso com o trabalhador em supermercado, mesmo diante da Reforma Trabalhista e salientamos a importância da categoria para o pleno funcionamento da atividade econômica do Estado.

 

O Presidente do SECVGAF, Milton Melo, falou , ao final da reunião, sobre a CCT 2018: “Mesmo com a famigerada Reforma Trabalhista buscaremos o melhor acordo para o trabalhador. Infelizmente essa é a realidade de muitos sindicatos pós-reforma. Faremos, no entanto, o que tiver ao nosso alcance para manter a convenção e as conquistas dos últimos anos. Não mediremos esforços. Queremos a manutenção das cláusulas. A manutenção das conquistas dos anos anteriores e a segurança jurídica das novas relações de trabalho, com o advento da reforma trabalhista, serão um grande ganho para a categoria. Nossa próxima reunião é dia 2 de fevereiro. Comunicaremos a todos o resultado desse encontro“.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − onze =