SECVGAF garante reajuste salarial acima da inflação

 

Após meses de intensas e difíceis negociações, o Sindicato dos Empregados no Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Fortaleza (SECVGAF) garantiu o reajuste salarial acima da inflação, ocasionando ganho real que se refletirá nos pisos salariais e demais benefícios conquistados em convenção coletiva de trabalho.

Desta forma, o SECVGAF cumpre o seu papel de garantidor de direitos, revertendo, em benefício do trabalhador, benefícios sociais e econômicos que tenham verdadeiro impacto no seu dia a dia.

Diante disso, o SECVGAF, na CCT 2017, assegurou aumento de 7,4% para empacotadores e trabalhadores de empresas com menos de dez funcionários e 7,7% para trabalhadores de empresas com mais de dez funcionários. Para os trabalhadores que ganham acima do piso salarial o reajuste foi de 6.58%. 

Ficando os pisos salariais, conforme descrito abaixo.

Para funcionários das EMPRESAS e/ou GRUPOS ECONÔMICOS com até 10 (dez) EMPREGADOS:
– Empacotadores em geral: R$ 955,68 (novecentos e cinquenta e cinco reais e sessenta e oito centavos);
– Os demais empregados: R$ 1.018,19 (um mil e dezoito reais e dezenove centavos).
Para funcionários das EMPRESAS e/ou GRUPOS ECONÔMICOS com mais de 10 (dez) EMPREGADOS:
– Empacotadores em geral: R$ 955,68 (novecentos e cinquenta e cinco reais e sessenta e oito centavos);
– Os demais empregados: R$ 1.058,09 (um mil e cinquenta e oito reais e nove centavos).

Em 2017, em comemoração ao Dia do Trabalhador em Supermercado, celebrado dia 11 de Novembro, o trabalhador receberá, a título de ajuda de custo, a importância de R$ 36,24 (trinta e seis reais e vinte e quatro centavos) que deverá ser pago até o final do mês de novembro. 

O SECVGAF conquistou, ainda, reajustes importantes em outras cláusulas como, por exemplo, para ajuda de custo nos feriados que agora será de R$ 25,00 (vinte e cinco reais), devendo ser paga até o final da folha de pagamento subsequente ao dia trabalhado em feriado. Salientamos, também, auxílio alimentação que, agora, será valor de R$ 8,70 (oito reais e setenta centavos) em forma de tickets ou similares por cada dia trabalhado a todos os empregados, nos casos em que a empresa não fornecer em refeitórios.

O auxílio creche agora será R$ 82,51 (oitenta e dois reais e cinquenta e um centavos) para funcionários de empresas com até 300 (trezentos) empregados e R$ 175,79 (cento e setenta e cinco reais e setenta e nove centavos) para funcionários de empresas com mais de 300 (trezentos) empregados, o qual será pago pelo período de 06 (seis) meses da data de retorno ao trabalho da mãe.

Para Milton Melo, presidente do Secvgaf, embora as negociações tenham sido difíceis, “o esforço, pelo trabalhador, vale muito a pena. Essa luta que se trava, dura, árdua, tem resultados que nos enchem de alegria. Finalizamos mais uma CCT, acima da inflação, enquanto a maioria das categorias não têm conseguido, ainda mais devido a crise. Estamos felizes. Vamos comemorar!” .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × cinco =