O SECVGAF ganha ação na Justiça em favor de Trabalhadora

 

 

O SECVGAF, na luta constante em defesa do Trabalhador em Supermercado, ganhou ação contra uma grande rede de supermercado. A funcionária M.A.M, admitida na empresa como operadora de caixa, foi desviada de sua função passando a Chefe de Fiscal de Caixa. No entanto, a funcionária não recebeu reajuste referente a sua nova posição e nem recebia horas extras trabalhadas. 



O sindicato, através do seu setor jurídico, ingressou com rescisão indireta, na 2ª Vara do Trabalho, solicitando que a empresa pagasse as horas extras, fizesse a devida alteração em sua carteira de trabalho considerando a sua nova posição e, por fim, pagasse estabilidade pois a funcionária era membro da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes). O valor, pago pela empresa, totalizou o montante de 52.000 (cinquenta e dois mil reais) e não cabe recurso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − dez =