Pela consciência do nosso valor

 



Embora seja grande o desafio de garantir, ano a ano, o reajuste salarial que consideramos justo para os nossos trabalhadores, não desistimos e criamos, em rodadas de negociação e no diálogo sempre franco e aberto, a “cultura” de valorização do profissional por meio de ajustes salarias.



Assim, vamos construindo modelo de negociação firme, consolidado no reconhecimento da importância dessa classe. Gostaria de formar a conscientização dos nossos trabalhadores para aspectos que estão além dos ganhos financeiros. Ao conquistarmos – sem registro de perda ao longo dos anos, reajuste salarial, mesmo com a crise econômica que assola o país-, estamos mirando nossas expectativas para valorização ainda maior no futuro; na projeção de alcançar vitórias expressivas e significativas.



Devemos, portanto, querer e exigir melhores condições de vida agora, mas devemos, também, projetar nossos sonhos em um futuro ainda melhor. Com calma e paciência avançaremos, pelo respeito, pelo trabalho bem feito e pela convicção da nossa relevância para economia do Estado.



A Convenção Coletiva 2016, assinada recentemente entre o SECVGAF e o sindicato patronal do ramo, garantiu reajuste de 12,28% para os trabalhadores em supermercados, mercearias, mercadinhos e lojas de conveniências do município de Fortaleza. O reajuste trás ganho real, acima da inflação. Temos assistido, com pesar, categorias de várias áreas, amargar perdas reais, não conseguindo reajustar, sequer, com a inflação. Por essa triste derrocada dos Direitos trabalhadores, nossa expressão de tristeza.



Estamos, no entanto, confiantes que dias melhores virão e que poderemos, todos juntos, como irmãos, reconquistar cada espaço perdido, com força e união.



O SECVGAF luta pelos seus Direitos e estamos firmes neste propósito.



Milton Melo

Presidente do SECVGAF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − onze =