Sindicalismo: um exercício de democracia

Sindicalismo: um exercício de democracia

 

Recentemente, em debates nas Redes Sociais, por ocasião das votações sobre o Projeto de Lei da Terceirização, comprovamos o desconhecimento dos entes sociais e de alguns setores da economia sobre a importância dos Sindicatos no Brasil; muitos até desdenham da sua existência, pondo em dúvida sua competência no equilíbrio de conflitos de interesse.

Esclarecemos – e este também é nosso papel – que os Sindicatos são ferramentas de proteção, são os guardiões da lei, da manutenção e luta pelos direitos dos trabalhadores na busca por relações justas, humanas e igualitárias. É no desempenho de suas funções que os Sindicatos devem ser fortalecidos e amplamente amparados.

Diante dos avanços do poder do dinheiro, do lucro e do benefício próprio, os Sindicatos buscam equilibrar as relações trabalhistas que, em seu nascituro, estão desfavoráveis. 

Propomos aqui um exercício. Tente imaginar quantas vezes você cruzou com o seu chefe ou o dono da empresa ou presidente da entidade para a qual você trabalha. Se sua resposta a essa pergunta foi “poucas vezes” ou “acho que nunca o vi”, você não está sozinho. Se continuarmos o exercício iremos perceber que uma reunião para falar, por exemplo, sobre aumento salarial ou assédio moral, seria praticamente impossível. Embora, hoje, encontremos no formato organizacional, gerentes, sub-gerentes, chefes de setor, não são eles que têm o poder de decisão sobre os temas descritos na nossa cena.

Assim, ao ouvir você e seus colegas, em uma Assembleia, o seu Sindicato representativo deverá esboçar as propostas que atendam a todos, tornando o processo democrático e ético. Em reuniões, com pautas específicas, garantidas por Lei, o seu Sindicato assegura que suas propostas chegarão ao seu chefe. Dessa forma os Sindicatos trabalham pela perenidade do trabalho de forma decente e produtiva.

 

Milton Melo 
Presidente do SECVGAF 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 17 =