Expectativa de geração de emprego cai no Brasil

  A expectativa de emprego no Brasil alcançou seu patamar mais baixo desde o último trimestre de 2009, quando a pesquisa do grupo de recrutamento Manpower começou a ser realizada no País. O índice de expectativa (parcela dos empregadores que pretendem contratar menos a dos que devem demitir) para o último trimestre deste ano ficou em 7%, em dados já com ajuste sazonal.

Enquanto 14% dos empresários entrevistados afirmam que ampliarão seu quadro de funcionários, 9% dizem que dispensarão. O restante deverá manter sua equipe intacta.

Pelo quinto trimestre consecutivo, as mais fortes intenções de contratação foram registradas no setor de serviços (19%). A indústria da construção é a mais pessimista (1%).

Impulsionados pela agricultura e pela mineração, Paraná e Minas devem ser os Estados com maior alta no número de trabalhadores. O índice de ambos ficou em 13%.

A expectativa de geração de emprego no Brasil colocou o País no 20º lugar na lista da Manpower, de um total de 42.

Fonte: Supermercado Moderno, com informações da Folha de S. Paulo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + onze =